Google+

4 de jul de 2008

Agressividade na infância


A raiva é uma emoção básica, sentida desde a primeira infância. É um componente de muitos conflitos e que pode resultar em agressão
Quanto mais a criança se desenvolve, seus padrões de agressividade se modificam. A quantidade total de agressividade demonstrada atinge seu pico por volta dos 4 anos. No Ensino Fundamental gestos agressivos tendem mais a ser hostis do que instrumentais, além disso há o aumento da agressividade verbal. Crianças mais velhas têm melhor compreensão da inteção das outras pessoas e por isso, uma parte de sua agressividade, tanto física quanto verbal, é de retaliação e consiste em respostas à frustração e aos ataques dos outros.
Crianças agressivas tendem a manter esse comportamento durante seu desenvolvimento, costumam a se classificar como agressivas e também aos outros e têm uma visão agressiva do mundo.
As diferenças da agressividade entre os sexos torna-se evidente após os 2 ~ 3 anos, mas é estável no decorrer do tempo para ambos os sexos.Entre os determinantes da agressividade estão os fatores biológicos, influências familiares e permissividade.
A punição física, principalmente quando usada de forma freqüente, pode resultar em níveis altos de agressividade. Estudos indicam que crianças agressivas quando punidas aumentam ainda mais seu nível de agressividade. Os pais de crianças altamente agressivas pode ser treinados para quebrar o padrão de escalada da coerção que ajuda a manter e aumentar a agressividade na família.
Então o que fazer?
  • A modificação no comportamento dos pais é fundamental.
  • As regras devem ser claras;
  • Comportamentos desejáveis devem ser reforçados;
  • As punições devem ser brandas e relacionadas ao evento (criança bateu no amiguinho. Deve ser afastada da atividade por um período e só voltará na condição de não repetir o ato.)

fonte: texto adaptado do livro Desenvolvimento Infantil: abordagem de MUSSEN, Nora Newcomb.

Leia também...

2 comentários:

  1. Ola, tenho um filho de 4 anos e meio e ele reage a varias situacoes com agressividade, ate quando elogiamos mais empolgados ele nos bate, como se tivesse vergonha da situacao.
    Um exemplo hoje ao chegar na escolinha ele foi sentar ao lado do coleguinha e eu disse "oh o gabriel" dai na mesma hora ele deu um chute no coleguinha...e varias outras situacoes. tento conversar, coloco de castigo, mas nao tem jeito...

    Meu e-mail eh vivi1407@hotmail.com

    obrigada.

    ResponderExcluir
  2. Respondendo para a Viviane

    Oi Viviane!

    Existem muitas possibilidades para ele ter esse tipo de comportamento. Ele pode estar reproduzindo atitudes que acontecem com ele, se ele sofre algum tipo de violência (não necessariamente em casa). Outra possibilidade é ele ter percebido que quando é violento consegue ter a atenção das pessoas, nesse caso tente valorizá-lo nos momentos onde tem boas atitudes, mas sem muito alarde, pois como disse ele parece ficar envergonhado.
    É difícil palpitar sem conhecer a criança, e é palpitar mesmo, pois sou educadora, tenho bastante experiência, mas não sou psicóloga.
    Sugiro que procure um profissional de psicologia especializado em crianças para poder lhe dar uma orientação adequada.

    Um abraço

    Denise Carceroni

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin