Google+

23 de nov de 2010

Guia para a Alimentação de Crianças Até Dois Anos - Passo 7

Estimule o Consumo de Hortaliças e Frutas: estimular o consumo diário de frutas, verduras e legumes nas refeições.

Revendo Seus Conhecimentos

As frutas e as hortaliças (legumes e verduras) são as principais fontes de vitaminas, minerais e fibra. Normalmente, os alimentos do grupo dos vegetais são inicialmente pouco aceitos pelas crianças porque, em parte, a criança pequena tem a propensão de aceitar melhor alimentos doces.

Técnicas inadequadas usadas na introdução dos alimentos complementares, podem também prejudicar a aceitação desses alimentos como:

Curso online de Alimentação do Bebê 

A desistência de oferecer os alimentos que a criança não aceitou bem, nas primeiras vezes, por achar que ela não os aprecia;
O uso de misturas de vários alimentos, comumente liquidificados, dificultando à criança testar os diferentes sabores e texturas dos novos alimentos que estão sendo oferecidos;
A substituição da refeição por bebidas lácteas quando ocorre a primeira recusa do novo alimento pela criança.

Já foi demonstrado cientificamente que a criança, mesmo pequena, condiciona-se à oferta de um substituto para a alimentação recusada. O hábito alimentar da família que não inclui, diariamente, hortaliças e frutas.

O que a Mãe Deve Saber

  • Se a criança recusar determinado alimento, oferecer novamente em outras refeições. Lembrar que são necessárias, em média, oito a dez exposições a um novo alimento para que ele seja aceito pela criança.
  • No primeiro ano de vida não se recomenda que os alimentos sejam muito misturados, porque a criança está aprendendo a conhecer novos sabores e texturas dos alimentos. Oferecer uma fruta, um legume ou uma verdura de cada vez, na forma de papa ou purê; Quando oferecer mais de uma fruta ou legume por refeição, eles devem ser amassados e colocados em porções separadas. Assim, o seu paladar será melhor percebido pela criança.
  • Quando a criança já senta à mesa, o exemplo do consumo desses alimentos pela família vai encorajar a criança a consumi-los.
  • A criança que come desde cedo, frutas, verduras e legumes, variados, recebe maiores quantidades de vitamina, ferro e fibras, além de adquirir hábitos alimentares saudáveis.
  • Com pequenas porções de alimentos adequados e em apenas uma refeição é possível aumentar significativamente o aporte de proteína e ferro, além de sua biodisponibilidade.

3 comentários:

  1. Essa é a alimentação ideal mas, na prática...
    Meu filho comia de tudo quando era pequeninho, frutas, verduras... Depois que cresceu torce o nariz e só quer bobagens!
    Bj
    Adri

    ResponderExcluir
  2. Respondendo para a Adriana

    Oi Adriana,

    Experimente não ter bobagens disponíveis. Te garanto que fome ele não vai passar!

    Um abraço

    Denise

    ResponderExcluir
  3. Somos leitores assíduos do seu Blog. Um abraço, Equipe do site Analista de Suporte.Daienne

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin