Google+

18 de mar de 2011

Guia para a Alimentação de Crianças Até Dois Anos - Passo 9

Cuidar da higiene no preparo e manuseio dos alimentos; garantir o seu armazenamento e conservação adequados.

Revendo Seus Conhecimentos
Enquanto o aleitamento materno exclusivo protege as crianças contra a exposição a microorganismos patogênicos, a introdução de outros alimentos as expõem ao risco de infecções.

Quando a criança passa a receber a alimentação complementar aumenta a possibilidade de doenças diarréicas que constituem importante causa de morbidade e mortalidade entre crianças pequenas.

Os maiores problemas dessa ordem são a contaminação da água e alimentos, durante sua manipulação e preparo, inadequada higiene pessoal e dos utensílios, alimentos mal cozidos e conservação dos alimentos em temperatura inadequada.


Os alimentos consumidos pela criança ou utilizados para preparar as suas refeições devem ser guardados em recipientes limpos e secos, em local fresco, tampados e longe do contato de moscas ou outros insetos, animais e poeira.

O uso de mamadeira é um risco de contaminação do alimento pela dificuldade para limpeza e adequada higienização.

Os alimentos preparados podem ser contaminados mais facilmente pela proliferação de microorganismo que causam doenças se permanecerem em temperatura ambiente por mais de seis horas, antes de serem oferecidos à criança ou se o refrigerador não consegue manter a temperatura adequada (em torno de 4o C e 5o C).

O que a Mãe Deve Saber
  • Oferecer água o mais limpa possível (tratada, filtrada ou fervida) para a criança beber. O mesmo cuidado deve ser observado em relação à água usada para preparar os alimentos.
  • A mãe ou pessoa responsável deve lavar bem as mãos com água e sabão, toda vez que for preparar ou oferecer o alimento à criança.
  • As frutas devem ser lavadas em água corrente, antes de serem descascadas, mesmo aquelas que não sejam consumidas com casca.
  • Todo utensílio que vai ser utilizado para oferecer a alimentação à criança precisa ser lavado e enxaguado com água limpa.
  • Os alimentos devem ser bem cozidos e oferecidos em recipientes limpos e higienizados.
  • Preparar a porção (quantidade de alimento) que normalmente a criança ingere. Se, após a refeição, sobrar alimentos no prato (restos), eles não podem ser oferecidos posteriormente.
  • A família, e principalmente as crianças, não devem ficar abrindo o refrigerador a todo momento. Certificar-se que está sempre fechado e que a porta apresenta boas condições de vedação.
  • Se a família não tiver refrigerador ou este não apresentar condições de temperatura adequada, os alimentos da criança têm que ser preparados próximos à cada refeição
  • Os cuidados de limpeza e higiene na preparação e na oferta dos alimentos evitam a contaminação e doenças como a diarréia
É importante
1. Lavar as mãos em água corrente e sabão antes de preparar e oferecer a alimentação para a criança.
2. Manter os alimentos sempre cobertos.
3. Usar água fervida e filtrada para oferecer a criança e também para o preparo das refeições.
4. Não oferecer à criança sobra de alimentos da refeição anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin