Google+

20 de set de 2013

Dermatologista explica porque artigos de beleza não são recomendados para as meninas

Quem tem menina em casa sabe como é difícil fazê-las entender que usar produtos de beleza feitos para adultos pode ser prejudicial à saúde. Minha enteada está prestes a completar 10 anos é doida por esmalte e maquiagem, já andou me falando também da vontade que tem de pintar o cabelo.

Há alguns anos mantenho conversas sobre o assunto e tento contornar a situação da melhor maneira possível, já que não sou sua mãe e não posso proibir o uso de produtos que a mãe permite. Minha estratégia em relação às unhas é de não tirar a cutícula, embora use esmaltes comuns. Já no rosto incentivo o uso apenas do batom, deixando claro que produtos que são passados nos olhos podem causar alergias.

Outra orientação importantíssima é quanto ao compartilhamento de produtos com as amigas e o uso de maquiagens dos provadores de loja, que podem causar algum tipo de contaminação já que não sabemos se as outras pessoas tem algum tipo de doença de pele, por exemplo.



O dermatologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos alerta 

Longe de ser coisa só de mulheres adultas, a vaidade feminina dá seus primeiros sinais ainda na infância. Afinal, que menina resiste à tentação de, às escondidas, usar e abusar da maquiagem da mãe? Mas o que era só brincadeira de criança, agora é motivo de preocupação para os profissionais de saúde. As garotas começam a usar cada vez mais cedo produtos formulados para adultos. Sem o devido cuidado e orientação a aplicação de artigos de beleza como esmalte, batom, tinta de cabelo e maquiagem, podem trazer problemas para a saúde das crianças.

Segundo dermatologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Dr. João Paulo Junqueira Magalhães Afonso, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o uso de produtos de beleza não são recomendados para as pequenas. A pele das meninas, assim como todo seu organismo, ainda não está plenamente desenvolvida e não tem uma barreira de defesa completa. Isso a torna mais vulnerável e pode facilitar o surgimento de dermatites e alergias que podem, inclusive, permanecer para o resto da vida.

Unhas 

Usando com frequência, o esmalte pode causar alergia na região das mãos ou por todo o corpo. Além disso, o processo de tirar a cutícula compromete a proteção da unha proporcionando a entrada de fungos e bactérias.

Cabelos

Usar produtos para pintar, alisar e descolorir pode interferir no desenvolvimento natural do cabelo. A realização de escovas, de lavagem e o uso de produtos químicos agridem os fios e tornam o cabelo quebradiço e sem brilho.

Pele

O uso de maquiagem não é recomendado para crianças menores de 6 anos, pois ainda não têm entendimento sobre alguns cuidados como não esfregar os olhos com o produto aplicado e nem mesmo ingeri-los. A partir dessa idade, maquiagens "recreativas" desenvolvidas para este público podem ser utilizadas com cautela. É importante ter atenção redobrada com as substâncias muito próximas aos olhos, como rímel e sombras, que oferecem alto risco de irritações.

Mesmo com todas as orientações, se o uso dos produtos for necessário é recomendado optar por versões infantis e que tenham o registro da Vigilância Sanitária (Anvisa) e Inmetro. Esses produtos são testados dermatologicamente e são menos danosos para a saúde das crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin