Google+

23 de jul de 2014

Sua casa é segura para crianças?

Muitas vezes pensamos que o simples fato de estarmos em casa quer dizer que mantemos nossos pequenos em um ambiente seguro. Na verdade deveria ser assim, mas infelizmente nem sempre é! O aconchego de nosso lar representa, muitas vezes, uma situação de risco iminente aos nossos filhos. Os riscos estão “escondidos” em várias partes e de várias formas.



Dia a dia aumentam ainda mais os índices de acidentes com crianças em casa e, em algumas situações, estas são as mais frequentes: panelas no fogo, tomadas elétricas sem proteção, vasos sanitários sem travas, baldes com água no chão estão entre os grandes vilões da meninada. É imprescindível que adquiramos uma cultura de segurança em nossos lares, repensando a forma de agir e de enxergar as situações.

Muitas vezes pensamos: mas antigamente não era assim! Como pude então sobreviver até hoje? O fato é que as situações mudam. Antigamente, os acidentes também aconteciam, porém não eram registrados. Então, na realidade, eles eram desconhecidos, mas não menos frequentes.

Hoje, com o acesso livre às redes sociais e à informação, temos de estar sempre “antenadas” com as novidades e colocar em prática o conhecimento adquirido e que pode, de uma maneira efetiva, evitar acidentes com crianças. Afinal de contas que mal haverá em se prevenir?

Elencamos abaixo algumas dicas super importantes de prevenção de acidentes em casa e esperamos com isso que seus pimpolhos possam continuar brincando, pintando o sete, mas com segurança;
  • Nunca deixe cabos de panelas nas primeiras bocas do fogão e/ou viradas para fora: as queimaduras se constituem em uma das principais causas de acidentes graves com crianças em casa;
  • Mesmo com o frio, nunca tome líquidos quentes com crianças no colo. Atitudes e movimentos inesperados sempre acontecem e são suficientes para causar grandes estragos nas peles sensíveis dos pequenos;
  • Não deixe baldes com água no chão. Apenas 2 cm de água são suficientes para afogar uma criança menor de 2 anos que teima em se debruçar para dentro do balde;
  • Vasos sanitários devem sempre ser mantidos fechados e com travas. Os afogamentos nestes locais também são muito comuns em crianças pequenas;
  • Tomadas devem também sempre ser mantidas protegidas, assim como os fios. Uma descarga de 110 volts pode ser fatal à uma criança;
  • Saiba sempre como agir com segurança em situações de emergência. Aliás, todos dentro de uma casa devem saber isso. Um cuidado prestado tanto pode salvar (quando feito da maneira correta) como complicar ou até mesmo matar alguém (quando feito de maneira errada);
  • Tenha sempre à mão e à vista o telefone de emergência: 192. O SAMU (serviço de atendimento médico e de urgência) é atualmente, a referência para socorro e transporte no Brasil todo. Ensine as crianças que, caso algo “estranho” aconteça com alguém próximo, este é o número de emergência.
A prevenção é sempre nossa melhor aliada!

Fonte: Nantú Consultoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin