Google+

14 de out de 2014

Uso de maquiagem pode prejudicar crianças

Sou contra o uso de maquiagem por crianças, por vários motivos. Para começar porque acredito que cada fase da vida deve ser vivida, sou contra pular etapas da infância e também critico a adultização, principalmente da forma que tem ocorrido com as meninas.

O brincar é importante, imitar o que os adultos fazem e isso sem dúvida inclui o brincar de se maquiar, mas o que temos visto por aí vai muito além do que simplesmente brincar. O que, se não causar danos no presente, certamente poderá causá-los no futuro.

Recebi esse texto da Sociedade Brasileira de Dermatologia e se os pais não se rendem aos argumentos acima que ao menos se preocupem com a saúde de seus filhos.

Uso precoce de maquiagem pode causar danos à saúde da criança 

Ela é tão presente na vida das mulheres que até mesmo as menores terminam se rendendo aos seus encantos. Sim, a maquiagem – que introduz meninas ao sedutor universo feminino - ressalta a beleza e consegue esconder muitas imperfeições. As vantagens destes cosméticos, no entanto, põem em alerta seu uso cada vez mais precoce pelas crianças. Muitos destes produtos não têm as características apropriadas para as pequenas e podem trazer sérios riscos à saúde.

“Nesta fase, a pele da criança está em constante transformação e o uso de maquiagem pode causar dermatites de contato, oleosidade excessiva e acne precoce – e esta última só deveria aparecer no início da adolescência”, alerta o dermatologista Emerson de Andrade Lima. Outro erro frequente é o uso de produtos destinados a adultos. “Na criança, as camadas da derme são menos resistentes e com baixo teor de gordura. Mesmo assim, grande maioria delas usa os cosméticos da mãe, um erro grave”, ressalta. 

Por isso, os pais precisam ter muito cuidado na hora da compra, na escolha dos produtos, prestando bastante atenção na composição da maquiagem da criança. “Os pais que devem escolher o que a criança vai usar, sempre optando por produtos antialérgicos, suaves, com menos perfumes e corantes, além de serem aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e específicos para o público infantil”, pontua o dermatologista.

Maquiagem infantil em festas e para bonecas

Outro alerta importante é com relação às pinturas feitas em momentos festivos e as maquiagens de bonecas. “Estes produtos contêm muitos produtos químicos que podem causar irritações e ressecamentos. Os pais devem observar se foram dermatologicamente testados e se seus componentes são aprovados pelo Ministério da Saúde”, explica.

Após adquirir os melhores produtos para a pele da criança, também é necessário levar a sério a remoção do “make-up” depois da brincadeira. “As crianças não têm a preocupação de remover a maquiagem, o que tapa os poros e termina impedindo a respiração correta da derme”, explica Emerson de Andrade Lima. A melhor opção, aponta o dermatologista, é fazer a higienização assim que possível, usando demaquilantes cremosos que não contenham álcool em sua composição.

Por: Sociedade Brasileira de Dermatologia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin