Google+

23/07/2014

Sua casa é segura para crianças?

Muitas vezes pensamos que o simples fato de estarmos em casa quer dizer que mantemos nossos pequenos em um ambiente seguro. Na verdade deveria ser assim, mas infelizmente nem sempre é! O aconchego de nosso lar representa, muitas vezes, uma situação de risco iminente aos nossos filhos. Os riscos estão “escondidos” em várias partes e de várias formas.



Dia a dia aumentam ainda mais os índices de acidentes com crianças em casa e, em algumas situações, estas são as mais frequentes: panelas no fogo, tomadas elétricas sem proteção, vasos sanitários sem travas, baldes com água no chão estão entre os grandes vilões da meninada. É imprescindível que adquiramos uma cultura de segurança em nossos lares, repensando a forma de agir e de enxergar as situações.

Muitas vezes pensamos: mas antigamente não era assim! Como pude então sobreviver até hoje? O fato é que as situações mudam. Antigamente, os acidentes também aconteciam, porém não eram registrados. Então, na realidade, eles eram desconhecidos, mas não menos frequentes.

Hoje, com o acesso livre às redes sociais e à informação, temos de estar sempre “antenadas” com as novidades e colocar em prática o conhecimento adquirido e que pode, de uma maneira efetiva, evitar acidentes com crianças. Afinal de contas que mal haverá em se prevenir?

Elencamos abaixo algumas dicas super importantes de prevenção de acidentes em casa e esperamos com isso que seus pimpolhos possam continuar brincando, pintando o sete, mas com segurança;
  • Nunca deixe cabos de panelas nas primeiras bocas do fogão e/ou viradas para fora: as queimaduras se constituem em uma das principais causas de acidentes graves com crianças em casa;
  • Mesmo com o frio, nunca tome líquidos quentes com crianças no colo. Atitudes e movimentos inesperados sempre acontecem e são suficientes para causar grandes estragos nas peles sensíveis dos pequenos;
  • Não deixe baldes com água no chão. Apenas 2 cm de água são suficientes para afogar uma criança menor de 2 anos que teima em se debruçar para dentro do balde;
  • Vasos sanitários devem sempre ser mantidos fechados e com travas. Os afogamentos nestes locais também são muito comuns em crianças pequenas;
  • Tomadas devem também sempre ser mantidas protegidas, assim como os fios. Uma descarga de 110 volts pode ser fatal à uma criança;
  • Saiba sempre como agir com segurança em situações de emergência. Aliás, todos dentro de uma casa devem saber isso. Um cuidado prestado tanto pode salvar (quando feito da maneira correta) como complicar ou até mesmo matar alguém (quando feito de maneira errada);
  • Tenha sempre à mão e à vista o telefone de emergência: 192. O SAMU (serviço de atendimento médico e de urgência) é atualmente, a referência para socorro e transporte no Brasil todo. Ensine as crianças que, caso algo “estranho” aconteça com alguém próximo, este é o número de emergência.
A prevenção é sempre nossa melhor aliada!

Fonte: Nantú Consultoria

18/07/2014

Dica de passeios para as crianças em São Paulo e interior

As férias escolares estão chegando ao fim, mas você pode aproveitar os últimos dias fazendo programas interessantes com as crianças na cidade de São Paulo. Durante o mês de julho, a Secretaria de Estado da Cultura preparou uma programação especial em seus equipamentos, com uma série de atividades direcionadas para o público infantil. Uma delas está entre as mais esperadas do ano: a exposição sobre o CASTELO RÁ-TIM-BUM, que entra em cartaz a partir do dia 16 de julho, no MIS (Museu da Imagem e do Som). Além das exposições, a programação também conta com oficinas, shows e contação de história.



MIS 

Em comemoração às duas décadas do programa que se tornou marco da programação infanto-juvenil na televisão brasileira, o MIS, em parceria com a TV Cultura/Fundação Padre Anchieta, apresenta Castelo Rá-Tim- -Bum – A exposição, em cartaz de 16 de luho a 12 de outubro. Peças do acervo, muitas delas recuperadas e restauradas pelo MIS, como objetos de cena, fotografias, maquetes, croquis e figurinos dos personagens, além de trechos do programa, compõem a exposição, que se completa com uma expografi a que permite uma visita imersiva e sensorial pelo diversos ambientes do Castelo.

Além da exposição, o MIS também oferece uma programação especial para a Maratona Infantil, na qual um domingo por mês é destinado às crianças e suas famílias. Com o tema do Castelo Rá-Tim-Bum, a maratona conta com a exibição de filmes, oficinas variadas, circo, teatro, contação de histórias, shows e diversas outras atividades, no horário das 10h às 17h.
Confira a programação completa em www.mis.org.br

Av. Europa, 158 - Jardim Europa - São Paulo-SP
(11) 2117-4777
Funcionamento: de terça a sexta, das 12h às 22h | sábados, domingos e feriados, das 11h às 21h
Entrada gratuita às terças-feiras. Aos sábados, acesso grátis às exposições do térreo e do acervo.
www.mis-sp.org.br‎

Museu da Língua Portuguesa

Em ano de Copa do Mundo da FIFA no Brasil, o Museu da Língua Portuguesa aborda o universo do esporte mais popular do Brasil por meio da exposição “Futebol na Ponta da Língua”. A mostra convida o visitante a colocar o seu time em campo e conhecer do vocabulário técnico e metafórico do futebol – com seus termos profissionais e gírias – à sua representação na literatura, por meio de textos de grandes escritores brasileiros como Mário de Andrade, Gilberto Freyre, José Lins do Rego, Carlos Drummond de Andrade, entre outros tantos que foram convocados para essa partida.

Além da exposição, nos sábados dias 12 e 16 de julho, o Museu oferece oficinas de HQ, onde os participantes criarão suas próprias tirinhas de histórias em quadrinhos. São 20 vagas oferecidas no horário das 14h às 16h30.

Praça da Luz, s/nº - Luz - São Paulo-SP
Metrô e CPTM Luz (0m)
(11) Tel.: (11) 3322-0080
Funcionamento: de terça a domingo das 10h às 18h. Aberto até 22h toda última terça-feira do mês (bilheteria fecha às 21h).
R$ 6,00 | Grátis aos sábados. Até o final de 2014, grátis também às terças-feiras.
Entrada gratuita para professores da rede pública com holerite e carteira de identidade; crianças até 10 anos e adultos a partir de 60 anos.
www.museulinguaportuguesa.org.br‎

Museu do Futebol

A nova exposição do Museu do Futebol tem como princípio contar a história das 20 Copas do Mundo como nós gostaríamos que elas tivessem terminado: com o Brasil campeão de todas. A mostra conta uma nova trajetória do Brasil campeão mundial, sobre todos os campeonatos que ganhamos, perdemos e aqueles com os quais sempre sonhamos.

O Museu também inaugura o “Lounge 100 anos de Seleção Brasileira”, um espaço em homenagem ao centenário da Seleção Brasileira, com uma programação cultural diversificada. Saraus de poesia, exibições audiovisuais, performances literárias, lançamentos de livros, oficinas, jogos educativos e outras atividades irão celebrar a história da seleção.  Nos finais de semana de 17 de julho a 3 de agosto, as crianças terão oficinas de origami, desenho, contação de estórias e futebol de mesa.

Para consultar a programação atualizada, consulte o site www.museudofutebol.org.br e o www.facebook.com/museudofutebol

Praça Charles Miller, s/nº - Estádio Paulo Machado de Carvalho - Pacaembu - São Paulo-SP
Estação Clínicas do Metrô (1,5 km)
(11) 3664-3848
Funcionamento: terça a domingo das 9h às 18h (bilheteria até as 17h). De 13 de maio a 13 de julho, o museu abrirá das 9h às 22h (bilheteria até 21h).
R$ 6,00 | Grátis às quintas-feiras e aos sábados. Meia-entrada para estudantes com carteirinha, idosos, aposentados e professores da rede pública (estadual e municipal)
www.museudofutebol.org.br

*Pessoas com deficiência e crianças até sete anos não pagam entrada
*Estacionamento na Praça Charles Miller, sendo necessário o uso de Zona Azul. Cada folha vale por três horas, e pode ser adquirida a preço oficial na bilheteria do Museu.
*Conferir o horário de funcionamento do museu em dias de jogos no Pacaembu

Museu da Imigração

O Museu da Imigração também preparou uma programação especial voltada para crianças e jovens, que acontece nos finais de semana de julho e agosto. As atividades educativas propõem brincadeiras lúdicas e uma visita guiada pela recém-inaugurada exposição “Migrar: experiências, memórias e identidades”, totalizando 1h30 de passeio.

Aos sábados, às 10h, a atividade “Mala de Memórias” oferece para crianças, a partir dos 9 anos, a experiência de ser um viajante durante uma visita-viagem à exposição do MI. A ideia é que os visitantes levem consigo algumas memórias na mala que podem ser utilizadas durante ou após o trajeto. Já às 15h, adolescentes a partir dos 14 anos, terão a oportunidade de contar as experiências que tiveram no Museu a partir da confecção de cartões-postais. Quem participar da atividade pode levar o cartão de outro visitante, compartilhando e acessando diferentes visões sobre a visita.

Domingo é dia de contação de histórias e jogos. Às 11h, a apresentação “Andança: memórias de uma migrante" conta para pessoas de todas as idades as aventuras de Antônia, uma migrante que desvela suas memórias a partir dos objetos que carrega numa mala de viagem. Às 15h, o jogo “Palavras intraduzíveis” instiga os jovens, a partir dos 16 anos, a contrapor os significados das palavras de diversas origens. Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público.

Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 1316 São Paulo-SP
Metrô Bresser-Mooca (900m)
(11) 3311-7700 | (11) 2692-1866
R$ 6,00 | Grátis aos sábados
ATENÇÃO! O Museu está fechado para restauro e reabre no dia 31/5.
Funcionamento: Terça a sábado das 9h às 17h e domingos das 10h às 17h. Abertura noturna quinzenalmente, às sextas-feiras.
R$ 6,00. Grátis aos sábados. Em junho e julho de 2014, grátis todos os dias.
http://museudaimigracao.org.br/

MCB

O MCB e o Instituto Italiano de Cultura de São Paulo realizam a primeira exposição da motocicleta Vespa no Brasil, apresentando a trajetória do veículo desde a sua criação, no final dos anos 1940. Compõem a mostra vídeos, fotos, painéis com a linha do tempo e informações sobre a Vespa, além de exemplares históricos cedidos por colecionadores.

Já no sábado 26 de julho, a proposta do programa educativo Uma Tarde no Museu de julho, voltado às famílias e ao público em geral, é uma oficina de confecção de brinquedos com materiais não estruturados (madeiras, sucatas, metais, plásticos), inspirada na exposição “Vespa: um ícone italiano”. A oficina é gratuita e acontece às 14h30, oferecendo 25 vagas.

Av. Brigadeiro Faria Lima, 2,705 - Jardim Paulistano - São Paulo-SP
CPTM Cidade Jardim (850m)
(11) 3032-3727 / 3032-2564
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h
R$ 4,00 | Grátis aos sábados, domingos e feriados
Entrada gratuita para crianças até 10 anos e idosos acima de 60 anos
www.mcb.org.br‎

Museu Afro Brasil

A programação de Férias do Museu Afro Brasil tem como principal atividade, a Oficina "Brincar com Arte", que acontece todos os finais de semana de julho (sábado e domingo) e a contação de histórias "Aos pés do Baobá", no último sábado do mês.

Durante oficinas, de curta duração, os educadores conduzem vivências artísticas que têm como principal objetivo propiciar aos visitantes o contato com conceitos,  linguagens, técnicas e materiais diversos. Tudo isso num clima gostoso, de brincadeira e experimentação. Os visitantes deverão retirar senhas no dia da oficina no setor de acolhimento. No mínimo 5 e no máximo 20 participantes. Já a contação de história “Aos Pés do Baobá” proporciona aos visitantes um passeio pelo universo das narrativas africanas e afro-brasileiras.

R. Pedro Álvares Cabral, s/nº - Pavilhão Manoel da Nóbrega - Parque do Ibirapuera, portão 10 - São Paulo-SP
Estacionamento pelo portão 3 (cartão Zona Azul)
(11) 3320-8900
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h (entrada até as 17h)
R$ 6,00 | Grátis às quintas-feiras e sábados
www.museuafrobrasil.org.br

Catavento

A programação de férias do Catavento Cultural e Educacional, museu de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, está diversificada e imperdível. São atividades para todos os gostos e idades.  Para quem gosta de dinossauros, não dá para perder a 2ª Mostra de Ciência 3D, que exibirá o filme Dinos Alive! Trata-se de uma produção norte-americana para cinemas IMAX 3D que leva a uma aventura global de ciência e descobrimentos. Dinos Alive! mostra desde os primeiros dinossauros do período Triássico até os “monstros” do Cretáceo; traz também descobrimentos recentes de novos fósseis, que apresentam evidência de que os descendentes de dinossauros estão entre nós.

O visitante também é convidado a fazer uma reflexão sobre a Química, ciência que estuda a matéria com o intuito de, a partir de suas propriedades, entender seu comportamento. Esta é a proposta da oficina Roteiro dos Gases preparada pelo Catavento, e que tem por finalidade definir, descrever e demonstrar propriedades comuns a todos os gases, utilizando demonstrações que evidenciam que a Química está inserida em nosso dia a dia e em tudo que vemos e tocamos.

Na Oficina de Robótica o visitante, além de conhecer a sala “Se liga no Lego” e o “Palácio das Indústrias em Lego”, terá esta oportunidade, utilizando motores, peças e sensores. Com a orientação de monitores do Catavento, os participantes se sentirão verdadeiros projetistas e construtores de robôs. Todos trabalharão em equipes, uma excelente oportunidade para juntar a família e os amigos e embarcar nesse incrível desafio.

Palácio das Indústrias - Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/no (Av. Mercúrio), Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP.
Estação Dom Pedro II (600m)
(11) 3315-0051
Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h).
Estacionamento: R$ 10 até 4 horas (para visitantes do museu). Adicional por hora: R$ 2,00 (capacidade para 200 carros). Ônibus e vans: R$20,00.
 R$ 6,00 | Grátis aos Sábados
www.cataventocultural.org.br/mapas.asp

Paço das Artes

O Paço das Artes abre no dia 7 de julho, às 19h, a exposição Um Cais para Nino: A imagem na imagem, individual do artista Nino Cais. A curadoria é de Tadeu Chiarelli e a entrada é gratuita.

Com aproximadamente 90 colagens e fotografias (autorretratos) –além de dois objetos/instalações–, a mostra será dividida em núcleos que fazem ressoar gêneros caros à pintura e à fotografia como retratos (individuais e coletivos), natureza morta, nus e paisagens.

Nas colagens que compõem a exposição, o artista realiza uma operação de desnudamento do caráter artificial das imagens retiradas de revistas/livros/catálogos, salientando a materialidade do suporte que as sustentam. Já nos autorretratos, Nino Cais mescla-se aos elementos, conservando sempre seu rosto coberto.

Av. da Universidade, I - Cidade Universitária/USP - Butantã - São Paulo-SP
(11) 3814-4832
Funcionamento: de terça a sexta, das 10h às 19h | sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 17h30
Visitas monitoradas: de terça a sexta-feira, das 9h às 18h30
Grátis
www.pacodasartes.org.br

Museu de Arte Sacra

Prorrogada a exposição “Barro Paulista”, que ficará em cartaz até o dia 03/08. A mostra conta com cerca de 50 esculturas e tem como intenção reapresentar a arte colonial paulista do século XVII, a partir do acervo do MAS/SP, estudando e mostrando as imagens em terracota (ou barro cozido) feitas na Capitania de São Vicente, e depois na de São Paulo.

Durante o mês de julho, o Museu de Arte Sacra de São Paulo também oferece a programação especial de férias "O MAS na Copa do Mundo", com diversas atividades para a família com entrada gratuita. Profissional ou de várzea, todo time de futebol no Brasil tem um santo padroeiro. Durante a Copa do Mundo, traga a família para desvendar esta relação brincando! Confira a programação:

Futebol de botão
Você sabia que o futebol de botão foi inventado no Brasil? Venha disputar uma partida entre Brasil e Croácia. Aproveite para descobrir o significado das camisas destas seleções que farão o jogo de abertura da Copa do Mundo na cidade de São Paulo.
Mini Pebolim
Que tal jogar uma partida entre São Paulo e Corinthians? Ou entre Ansan Hallelujah Football Club (Coréia do Sul) e Cruz Azul Hidalgo (México)? Saiba o que esses e outros times têm em comum a partir de uma curiosa partida de pebolim, o popular totó.
Bola no Gol
Prove sua coordenação motora e seja artilheiro da seleção brasileira!
Brincando em casa

Que tal já começar a brincar sem sair de casa? Baixe os desenhos paracolorir dos padroeiros de alguns times e seleções no link abaixo. Basta clicar no link, selecionar a opção "Acessar como visitante" e fazer o download dos arquivos.

Av. Tiradentes, 676 - Luz - São Paulo-SP
(11) 3326.3336
Metrô Tiradentes (60m)
Funcionamento: de terça a sexta, das 9h às 17h; sábados e domingos, das 10 às 18h.
R$ 6,00 | Grátis aos sábados
Entrada gratuita para maiores de 60 anos, crianças até 7 anos, professores da rede pública (com identificação) e até 4 acompanhantes
www.museuartesacra.org.br

Casa das Rosas

Atividade literária oferecida aos pais e diversão para os bebês, a Literatura de Berço acontece na quarta-feira, 23 de julho, às 14h. Nos encontros são apresentados poemas, contos e crônicas de autores renomados para mães e pais acompanhados de seus bebês, com idade entre 3 e 18 meses.

E no sábado, 26 de julho, a partir das 14h a Casa das Rosas inaugura a sua primeira festa julina. Ao som da sanfona, da viola e da embolada, o Arraiá Poético é aberto a todos que queiram participar desta festa, seja recitando um poema, seja dançando uma boa quadrilha, ou ainda se deliciando com as comidas típicas. As brincadeiras, recriadas pelo Núcleo Educativo, não ficarão de fora, e o correio elegante dará o tom casamenteiro.

Av. Paulista, 37 - Bela Vista - São Paulo-SP
Estação Brigadeiro do Metrô (850m)
(11) 3285-6986 | 3288-9447
Funcionamento: de terça a sábado, das 10h às 22h | domingos e feriados, das 10h às 18h.
Grátis
www.casadasrosas.org.br

Casa Guilherme de Almeida

A Casa Guilherme de Almeida apresenta, até o dia 27 de julho, a exposição “Guilherme de Almeida e a Cultura Japonesa”. Serão apresentados objetos do acervo pessoal do poeta, jornalista e tradutor (1890 – 1969) que revelam a influência dessa cultura em sua vida. A partir de seu contato com o haicai, o poeta – que traduziu alguns poemas do célebre Matsuo Bashô –, propôs um modelo adaptativo dessa forma poética para nossa língua, que ganharia importantes seguidores. Nesta mostra estão em destaque objetos pessoais, livros, cartões postais e cardápios de navios da década de 1920, que traziam imigrantes japoneses para o Brasil.

Museu: R. Macapá, 187 - Pacaembu - São Paulo-SP - Metrô Sumaré (900m)
(11) 3672-1391 e 3868-4128
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h.
Atende a escolas, mediante agendamento.
Grátis

Anexo: Rua Cardoso de Almeida, 1943 (próximo à estação Sumaré)
(11) 3673-1883
Funcionamento: variável com a programação.
Entrada gratuita.
www.casaguilhermedealmeida.org.br

Pinacoteca

A partir do dia 17 de julho, a Pinacoteca do Estado de São Paulo, apresenta a exposição Guillermo Kuitca: Filosofia para princesas. Com cerca de 50 obras, entre pinturas, desenhos e uma instalação, a mostra reúne trabalhos produzidos durante toda a sua trajetória artística, desde os anos 1980 até 2013. Kuitca (Buenos Aires, Argentina, 1961) é considerado um dos mais importantes pintores latino-americanos e sua obra trata de temas como deslocamento, isolamento, solidão e representações abstratas de espaço, como mapas, planos de teatro e plantas arquitetônicas.

Largo General Osório, 66 - Luz – São Paulo/SP
Metrô Luz (500m)
CPTM Julio Prestes (240m)
(11) 3335-4990
Funcionamento: Terça a domingo das 10h às 17h30 (com permanência até as 18h)
R$ 6,00 | Grátis aos sábados.
O ingresso dá direito a uma visita à Pinacoteca.
Crianças com até 10 anos e idosos maiores de 60 anos não pagam.
www.pinacoteca.org.br

Museu do Café

O Museu do Café preparou uma programação com a tradicional contação de histórias do ator Alexandre Camilo que apresenta três contos no projeto Férias no Museu: “A Lenda do Café”, uma história de tradição oral sobre a descoberta da planta; “O Barão e o menino Benedito”, que retrata a fase áurea do café no Brasil; e “Uma Viagem na História”, conto que aborda a visita ao Museu do Café e a importância da preservação do patrimônio histórico.

O espetáculos, que têm cerca de 40 minutos de duração, acontecem nos dias 20 e 27 de junho, e 3 e 11 de julho, sempre às 14h, e são destinados a crianças de 4 a 10 anos de idade. Ao final das apresentações, os presentes serão convidados a participar de uma oficina de confecção de corações para a “Ação do Coração”, que será realizada no dia 2 de agosto. As inscrições para todas as atividades são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail: inscricao@museudocafe.org.br

Rua XV de novembro, 95 - Centro - Santos-SP
(13) 3213-1750
Funcionamento: de terça a sábado, das 9h às 17h | domingo das 10h às 17h
R$ 5,00| Grátis aos sábados e nos dias de visitação noturna (Consulte o site)
www.museudocafe.com.br

Museu Índia Vanuíre

O Museu Índia Vanuíre realiza em Julho mais uma edição das "Oficinas de Férias". As atividades têm início no dia 8 de julho. A programação é voltada para o público infantil, de 6 a 12 anos. Entre as atrações estão a confecção de um campo de futebol de botão com a utilização de placas de isopor, a criação do mascote do campeonato mundial de futebol, o tatu-bola, com garrafas PET e EVA, e também a elaboração de um colete de jogador de futebol com as cores da bandeira de Tupã, com tecido TNT.

Rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP
(14) 3491-2202
Funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 17h
Grátis
www.museuindiavanuire.org.br

Museu Casa de Portinari

O futebol, a grande paixão do brasileiro, será o tema da programação "Férias no Museu", realizada pelo Museu Casa de Portinari. Além de uma oficina temática, destinada ao público infantil, uma exposição temporária sobre o assunto será exibida na esplanada da instituição localizada em Brodowski (SP).

Nos dias 4, 5, 11 e 12 de julho (sextas-feiras e sábados), das 9h às 12h e das 14h às 16h, o museu oferecerá a oficina “Futebol com Arte” durante as "Férias no Museu". Na atividade, os pequenos confeccionarão, com materiais reciclados, o mascote do mundial no Brasil, o tatu-bola, e uma bola de futebol. Para participar, os pais devem realizar as inscrições das crianças com antecedência, no próprio local.

Os visitantes também poderão conferir a mostra “Futebol e Arte”. A montagem reforça a ligação de Portinari com Brodowski, por meio da análise da obra "Futebol", pintada pelo artista brodowskiano em 1935. A proposta é de que os visitantes façam uma releitura obra, numa dinâmica de observação, interação e reflexão relacionada aos dias atuais.

Praça Candido Portinari, 298 - Brodowski- SP
(16) 3664-4284
Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 17h
Grátis.
www.museucasadeportinari.org.br

Museu Felícia Leirner

Em clima verde e amarelo, o Museu Felícia Leirner e o Auditório Claudio Santoro, oferecerão uma exposição com a temática do futebol. A mostra “Futebol Também é Cultura” entra em cartaz na Casa de Cultura Professor Antônio Fernando Costella, em Campos do Jordão (SP).

A montagem apresentará os trabalhos desenvolvidos por crianças da comunidade local, resultantes de oficinas temáticas sobre o futebol, que abordaram a cultura e a diversidade da sociedade. A visitação pode ser feita de  de segunda a sexta, das 9h às 17h, a entrada é gratuita.

Av. Dr. Arrobas Martins, 1880 - Campos do Jordão-SP
(12) 3662-6000
Funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 18h.
Grátis
www.museufelicialeirner.org.br

Biblioteca de São Paulo

A programação de julho da Biblioteca de São Paulo tem atrações infantis imperdíveis para as crianças que estão de férias da escola. Os programas permanentes, como Pintando o 7, Brincando e Aprendendo e Hora do Conto, proporcionam momentos de diversão e brincadeira.

Sempre às quartas-feiras, o Pintando o 7 realiza atividades de desenho livre, pintura e artes plásticas direcionadas ao desenvolvimento artístico e intelectual dos participantes. Entre os temas explorados estão as férias letivas, releitura das telas da artista plástica japonesa Yayoi Kusama, conhecida pelos trabalhos compostos por pontos, e criação baseadas nas obras do artista plástico germano-suíço Paul Klee. A atividade é das 10 às 11 horas.

Também às quartas-feiras, sempre à tarde, é a vez do Brincando e Aprendendo, programa que reúne intervenções, jogos teatrais e brincadeiras educativas. Na programação de julho vão ser realizadas atividades como circuito de jogos de tabuleiro, futebol de botão, batalha naval, jogo de amarelinha, pula corda, bambolê, além de exploração do acervo de quadrinhos da BSP. O horário é às 15 horas.
Já a Hora do Conto apresenta aos pequenos o hábito da leitura de maneira lúdica, por meio da contação de histórias. Entre os textos representados, figuram autores como Monteiro Lobato, Josse Goffin, Vinicius de Moraes, Ricardo de Azevedo, entre outros. As intepretações são realizadas pela equipe da BSP e por artistas convidados como Kiara Terra, Rodrigo Libânio, Grupo Triii e Cia. Malas Portam. A atividade ocorre nas sextas, sábados e domingos em horários variados.

A BSP realiza também aos sábados e domingos o Bebelê, programa permanente de iniciação e estímulo à leitura para o público entre 6 meses e 3 anos.

As crianças podem participar também dos Jogos Sensoriais, com brincadeiras que estimulam as habilidades sensoriais e a memória de pessoas com ou sem deficiência. Sempre às terças-feiras
.
Por fim, a BSP ainda promove o Domingo nos Parques, atividade de extensão no Parque da Juventude, que atrai centenas de pessoas, cujo objetivo é incentivar o hábito da leitura, além de criar um programa de mobilidade cultural. Sempre aos domingos, das 11h30 às 15h30, com atrações para toda a família.

Endereço: Avenida Cruzeiro do Sul, 2.630
Telefone: (11) 2089-0800
Estação Carandiru do Metrô – Linha Azul
Aberta de terça a sexta, das 9 às 21 horas.
Sábados, domingos e feriados, das 9 às 19 horas.

Fábricas de Cultura

Fábrica Vila Nova Cachoeirinha

Todos os domingos às 12h, o projeto “Vem Jogar RPG” tem o objetivo de levar o RPG como forma de cultura e educação à comunidade local, estimulando a leitura, pesquisa, conhecimentos gerais e o trabalho em equipe.  Nas quintas-feiras dias 17 e 24 de julho, às 14h30, a biblioteca da Fábrica Vila Nova Cachoeirinha traz uma “Oficina de Mosaico”, com a história do mosaico e as possibilidades desta técnica, reproduzindo famosas obras de arte.

Rua Franklin do Amaral, 1575. Tel: (11) 2233-9270.
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Fábrica Capão Redondo

No dia 15 de julho, haverá a oficina: Customização de Pipas, na qual as crianças aprenderão a fazer bandeiras, letras e ainda rabiolas.

Na quarta-feira, dia 23 de julho haverá uma “Oficina de Dedoches”, com a criação e customização de personagens em formas de fantoches para os dedos. Os dedoches e histórias formarão um belo espetáculo teatral com os Fantoches de Dedos.

No dia 25, às 14h30 na oficina “Objetos de papelão”, os participantes irão inventar suas casas, carros e foguetes utilizando caixas de papelão, fita adesiva, tinta e muita imaginação.

Entrada 1: Rua Bacia de São Francisco, S/N
Entrada 2: Rua Algard, 82
Tel: (11) 5822-5240.
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Fábrica de Cultura Jardim São Luís

Nos dias 16 e 23 de julho, às 10h, haverá a “Oficina de Stencil”, na qual de maneira alegre e descontraída, os participantes aprenderão a fazer Stencil, uma forma muito popular de grafite.

Nos dias 17 e 24 de julho, às 14h30 a “Oficina de Mosaico” ensina sobre a história do mosaico e as possibilidades desta técnica, reproduzindo famosas obras de arte.

No dia 22 de julho, às 14h30 a oficina “Objetos de papelão”, traz a criação de objetos, em que os participantes irão inventar suas casas, carros e foguetes utilizando caixas de papelão, fita adesiva, tinta e muita imaginação.

Rua Antônio Ramos Rosa, 651. Tel: (11) 5510-5530.
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Fábrica de Cultura Jaçanã e Fábrica de Cultura Brasilândia

No dia 8 de julho, às14h30, na Fábrica de Cultura Jaçanã, e no dia 9 na Fábrica de Cultura Brasilândia “a atriz e contadora de histórias Nilcéia Vicente utiliza a obra “Uni Duni Tê”, da autora brasileira Angela-Lago, para criar um jogo com o público, que será convidado a participar de uma verdadeira investigação. No dia 9 às 14h30 a fábrica ofecere o Sarau musicado, com cantorias, improvisos musicais e leitura de poemas.

No dia 24, às 14h30 Fábrica de Cultura Jaçanã e no dia 29 na Fábrica de Cultura Brasilândia haverá uma oficina de criação de objetos, em que  os participantes irão inventar suas casas, carros e foguetes utilizando caixas de papelão, fita adesiva, tinta e muita imaginação.

Jacanã - Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138. Tel: (11) 2249-8010.
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Brasilândia - Avenida Inajar de Souza, 7001 – Brasilândia. Tel: (11) 3984-5956
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

16/07/2014

10 mandamentos para a volta às aulas

As férias estão chegando ao fim e em breve as crianças voltarão à rotina. A volta as aulas pode ser um período difícil e estressante se os pais não se prepararem e preparem os pequenos ao poucos. Durante as férias muitas regras são quebradas principalmente as que se relacionam com horários rígidos e compromissos.
“O retorno às aulas é um momento que precisa de atenção. Pais e alunos podem aproveitar o fim dos dias em casa e já iniciar a volta à rotina, pois alterá-la de uma hora para outra é mais difícil”, alerta a educadora Neda Lian.
Educadores do Grupo A, selecionaram dez precisosa dicas para facilitar a volta as aulas.


10 mandamentos para a volta às aulas

1. Antecipar o despertador

Acordar mais tarde nas férias é preferência da maioria dos estudantes. Mas para que o corpo já comece a se acostumar novamente com o horário das aulas o ideal é colocar o despertador para tocar já no final de semana anterior à volta ao colégio. Assim, evita-se o sono excessivo nos primeiros dias na escola. O relógio biológico começa a se acostumar. Dormir um pouco mais cedo também é uma boa pedida.

2. Organizar o material

Não deixar para preparar a mochila minutos antes de ir para a escola. O material que será usado neste semestre deverá ser arrumado com antecedência, para evitar atrasos e não deixar livros ou cadernos importantes de fora. Aproveitar para checar se os itens estão em boas condições ou se precisam de reposição.

3. Atenção ao uniforme

O uniforme merece a mesma atenção que o material escolar. Não deixar para a última hora e conferir se as roupas estão limpas e passadas ou se precisam de ajustes. Como os estudantes estão em fase de crescimento, as roupas podem não servir mais de um semestre para o outro.

4.  Escolher a mochila certa 

Evitar o excesso de peso. Nada de levar à sala de aula produtos que não serão usados. Mochilas muito pesadas podem gerar problemas de coluna e dores nas costas. Aquelas com rodinhas podem facilitar o transporte do material, mas ocupam maior espaço dentro da sala de aula. Verificar se o espaço comporta esse tipo de mochila.

5. Alimentar-se bem

O café da manhã é a refeição mais importante do dia, pois é o momento em que o corpo mais precisa de nutrientes após longo jejum. Sendo assim, as crianças e adolescentes devem tomar um café reforçado, mesmo se o sono pedir mais tempo de cama, com alimentos saudáveis que contribuem para melhorar a concentração em sala de aula. Levar uma fruta para o lanche também é recomendado.

6.      Criar metas para o semestre

As notas estão ruins em matemática? Então é necessário propor ações para melhorar o desempenho na disciplina. Vale dedicar mais tempo à matéria, procurar exercícios diferentes e estimulantes na internet ou baixar aplicativos que auxiliem a fixação do conteúdo.

7.   Relembrar o material do primeiro semestre

Ninguém gosta de estudar nas férias, mas é importante, pelo menos neste fim de período em casa, fazer uma breve revisão do conteúdo para ver se ele ficou claro para os estudantes ou se existem tópicos que geram maior dificuldade. Assim, o aluno pode conversar com o professor, logo no começo das aulas e não se atrasar na matéria.

8.   Sair mais cedo de casa

O trânsito é um fator que pode atrapalhar o rendimento dos alunos na escola. Com muitas escolas voltando ao trabalho ao mesmo tempo é preciso atenção, organizando a rotina para que haja tempo suficiente para o trajeto até a escola.

9.   Trocar experiências

Não é porque as aulas voltaram que os estudantes devem esquecer o que aconteceu nas férias. Trocar as experiências com colegas é uma forma de compartilhar conhecimento. Os professores também podem ajudar neste retorno.

10.    Confraternizar

Tem aluno que não gosta de voltar a estudar, mas a maioria adora. O primeiro dia de aula é muito bacana, pois neste momento é possível rever depois de longo tempo os amigos e professores. Aproveitar o dia é essencial! Se o estudante começar em uma escola nova, deve chegar mais cedo para encontrar a sala, ser apresentado e conversar com os colegas.


14/07/2014

Exercícios na infância ajudam na vida adulta

A prática de exercícios físicos vem se tornado uma atividade rara entre as crianças. É cientificamente comprovado que quando elas são ativas a probabilidade é maior de se tornarem adultos na mesma condição. Assim sendo, o sedentarismo, responsável por 6 milhões de mortes, é considerado fator de risco para o desenvolvimento de diversas doenças, e as cardiovasculares ganham destaque.

Para reduzir o risco de problemas no coração, um estilo de vida saudável com o auxílio de atividades físicas, desde a infância deve ser adotado. "Elas devem ser estimuladas desde o nascimento e faz parte fundamental do desenvolvimento neuropsicomotor. Dessa forma, certamente, cria-se o hábito, o que afasta o sedentarismo na vida adulta e reduz as chances de doenças que podem prejudicar o coração", explica o Dr. Daniel Santos, cardiologista e médico do esporte do HCor.


Os pais podem colaborar para despertar o interesse nos mais novos. O exercício é um importante aliado para o desenvolvimento do sistema osteomuscular, controle da glicemia, dos lípides e da pressão arterial. Além disso, auxilia no tratamento da ansiedade, depressão e, ainda, na prevenção de diversos tipos de câncer.

Dr. Santos explica que é muito importante a realização de avaliação física nessa idade e em qualquer outra. "Crianças que apresentem algum tipo de sintoma relacionado à atividade física, como cansaço desproporcional ao exercício, palpitações, desmaios, dor induzida pelo esforço ou que apresentem algum problema de saúde, devem ser encaminhadas para avaliação especializada", recomenda.

11/07/2014

Primeiros utensílios para o bebê

Quando o bebê completa seis meses, é hora de introduzir alimentos mais consistentes em sua nutrição e o começo nem sempre é fácil.  Neste período, destaca-se o momento de aprender a comer sozinho, pois até então o bebê é um craque em apanhar os alimentos com as mãos. É nesta etapa de transição que os pais podem apresentar-lhe a novidade de possuir seus primeiros utensílios. No entanto, algumas crianças olham para o prato de comida sem demonstrar interesse. Segundo especialistas, é necessário aliar alegria à satisfação de comer.

Nunca escondi de ninguém que sou fã dos produtos da NUK, usei com meus filhos e sempre que surge a oportunidade presenteio os amigos. Foi pensando na necessidade de oferecer ao bebê utensílios que facilitassem a interação com os alimentos, e proporcionasse independência e também mais conforto para os pais que a linha Easy Learning de pratinhos e talheres foi pensada.



A Minha Primeira Tigelinha, é um recipiente com ventosa de sucção que fixa a tigela à mesa e borda arredondada que facilita o apoio das mãos das crianças ou dos pais na hora da alimentação. Para auxiliar no dia a dia, ela vem com duas tampas: uma hermética, para facilitar o transporte, e outra ventilada, própria para uso em micro-ondas.  Ela tem preço médio sugerido de R$44,90.

O Meu Primeiro Pratinho, com base antiderrapante, ajuda a fixa-lo na mesa, dá suporte para movimentos mais precisos evitando o derramamento do conteúdo e a cavidade das bordas permite raspar o excesso que ficou no talher. O preço médio sugerido é R$41,90.

Já os Meus Primeiros Talheres, feitos com material macio para não machucar a boca do bebê, possuem trava de proteção que regula a quantidade de alimento e impede que sejam colocados na boca de forma exagerada. O design do cabo antiderrapante é ideal para o manuseio das pequeninas mãos. Com preço médio sugerido de R$19,90.

Os produtos da NUK são encontrados nas melhores lojas de Puericultura e também em alguns supermercados e magazines.

+ Populares

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin