Google+

14 de ago de 2009

Chega de manha!!!

Nada mais chato do que criança fazendo manha. E o pior é que elas sabem que é chato e que ficamos irritados.
Quando tudo é motivo para bater com os pés no chão, fazer bico, chorar.
Quando você já fez de tudo, gritou, ameaçou, tentou subornar, ignonou e nada foi eficiente, tente o método da bobeira.

Um dia eu estava visitando o NURI - Núcleo de Recreação Infantil do CEPEUSP, que hoje não existe mais (não nos moldes em que conheci), e logo na entrada encontrei com uma das "tias" indignada conversando com uma menina. A cena foi inesquecível e valeu por várias aulas de psicologia infantil.
A Bia, que no ano seguinte seria minha aluna, no grupo amarelo, chorava sem parar aquele choro de lágrimas de crocodilo, nem imagino o motivo, mas ela soluçava, estava vermelha e suando. A "tia" mostrando indignação iniciou o seguinte diálogo:

- Bia! Eu não acredito!!! Ela veio te visitar de novo???
Imediatamente os berros da menina diminuiram e a "tia" continuou...
-Assim não é possível! Precisamos fazer alguma coisa...eu vou te ajudar.
A menina parou de chorar e eu em pé perto da porta assistia àquela cena, pasma.
-Pega aí! Segura bem forte, fecha a mão e agarra bem forte!
A Bia fechou as mãozinhas, apertou bem apertado, dentro delas, não havia nada, pelo menos não para mim, mas para a Bia...
-Segurou, Bia?
-Segurei, Tia!
-Agora eu vou abrir a porta, você pega essa bobeira e joga lá fora, joga com força para ela ir bem longe. Vamos lá, um, dois, três e já! Joga!
A "tia" fecha a porta rapidamente e diz:
-Pronto, fechei rapidinho e a bobeira já foi embora. Vê se não deixa ela voltar tá?! Vai lavar seu rosto e volte para sua sala.

Depois disso uso o método da bobeira com frequência, é verdade que às vezes ela volta, aí repito a encenação e digo que não foi forte o suficiente ou que esquecemos de fechar a porta direito. Sempre dá certo!

Da próxima vez que a bobeira vier, jogue ela fora e tranque a porta para ela não voltar!

5 comentários:

  1. Vai ser um prato cheio para minha filha, aauahaauhau...adoreii!!!

    ResponderExcluir
  2. Respondendo para a Érica

    Oi Érica!

    Depois conta pra mim como foi

    Um abraço

    Denise Carceroni

    ResponderExcluir
  3. Olá gostei do seu blog, sou educadora, trabalho com crianças de 4 e 5 anos, estou amando tudo, vou te linkar, bjos, ângela

    ResponderExcluir
  4. Olá!!! Me diverti com esse artigo...rsrs..Mas, fiquei muito admirada com a capacidade da professora em tratar a criança de um jeitinho que ela realmente entendeu! Parabéns! Sou mãe de um menino de 4 anos e sei o quanto é difícil encontrar o "tom" às vezes. Beijos, Mariana

    ResponderExcluir
  5. Oi, Denise, tudo bem?
    Estava há pouco procurando blogueiros que,como eu,gosta de escrever sobre o tema educação. Li seu post "Chega de Manha" e, confesso,fui aos risos, pois achei a história muito engraçada,mas também muito "profissional", do ponto de vista da Psicologia. Parabéns. Como as crianças são "moldáveis"! Parecem argila fresquinha!
    Voltarei aqui mais vezes!
    Até mais!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin